Evento começou na sexta-feira, 26. Cinco empreendimentos estão com seus stands na Praça da República expondo e comercializando plantas e insumos.

Fruto de uma parceria público-privada, a 1ª Feira de Plantas e Flores de Valença tem atraído grande público na Praça da República. O evento que dura o dia todo,

começou nesta sexta-feira, 26 e termina amanhã. Além de exposição, os cinco stands – Floricultura Lena Mara, Luciano Flores, Arteplan Paisagismo, Cantinho das Plantas e Horo Florestal Paisagismo também estão comercializando seus produtos. O evento é uma realização da Prefeitura de Valença, através da secretaria do Meio Ambiente.

Secretário do Meio Ambiente de Valença, Marcelo Borges

Secretário do Meio Ambiente de Valença, Marcelo Borges

O secretário da pasta, Marcelo Borges, informou que o objetivo da feira é fomentar o segmento local, valorizando e gerando renda para o setor. Além de incentivar a prática do cultivo de plantas pela sociedade. “Queremos mostrar que não custa caro cultivar uma planta e que os benefícios são enormes. Esse contato com a natureza é benéfico para a qualidade de vida de todos. A feira vem nesse sentido de unir o aspecto econômico e o ambiental, contribuindo para o desenvolvimento sustentável de Valença”, afirmou.

Jorge Sarmento, proprietário da Arteplan Paisagismo

Jorge Sarmento, proprietário da Arteplan Paisagismo

O proprietário da Arteplan Paisagismo, Jorge Sarmento Junior destacou que a feira proporciona a valorização do setor. “É desse incentivo que precisamos”, disse, comentando que seu stand tem recebido pessoas de todo o Estado e até de fora do país. “Planta é vida, planta dá beleza ao ambiente, sensação de bem estar, gera um clima agradável, tem o poder de curar doenças”, citou entre apenas alguns benefícios do hábito de conviver com as plantas.

O casal Raquel e Gerlado passaram a cultivar plantas quando mudaram para Valença, há dois anos atrás

O casal Raquel e Geraldo passaram a cultivar plantas quando mudaram para Valença, há dois anos atrás

Os visitantes da feira, o casal Raquel Ferreira e Geraldo Uelber aprovaram a iniciativa e nos contaram que o desejo de cultivar plantas se deu quando mudaram para Valença. “Nós morávamos em Paulo Afonso e lá as pessoas não tem muito o hábito de cultivar plantas. Quando chegamos em Valença percebemos que quase todas as casas tem plantas e isso nos incentivou a cultivar também porque achamos muito bonito. Quando eu estou um pouco estressada eu começo a cuidar das plantas e isso me deixa mais relaxada”, comentou.***

Fotos: Jornal Valença Agora

***Matéria, na íntegra, você confere na edição nº 666 do Jornal Valença Agora, impresso.

Confira mais fotos da Feira:

Se gostou, compartilhe...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.