“Às margens férteis do Rio Una” foi lançado nesta sexta-feira (25), no Centro de Cultura Olívia Barradas; Coquetel reuniu autores, apoiadores e convidados.

Foi lançado na noite desta sexta-feira (25), no Centro de Cultura de Valença, o livro “Às margens férteis do Rio Una – Antologia Interartística”, organizada pelos professores Gilson Antunes da Silva, Dislene Cardoso de Brito e André Luiz de Melo. A obra financiada pelo Instituto Federal Baiano – IF Baiano, por meio de Chamada Interna de Extensão e publicado pela Editora Giro, é composta por fotografias, poemas e crônicas que retratam e homenageiam a cidade de Valença em variadas perspectivas.

_MG_2521

A mesa de honra do evento foi formada pelo diretor do IF Baiano, campus Valença, Francisco Harley de Oliveira Mendonça; pelo presidente da Academia Valenciana de Educação, Letras e Artes – AVELA, Moacir Saraiva; pela secretária municipal de Cultura, Janete Vomeri, e pelo colunista do Jornal Valença Agora, escritor Prof. Dr. Gilson Antunes, representando os organizadores do livro. Autores, familiares, amigos e convidados participaram do coquetel de lançamento.

_MG_2547

Na apresentação da obra, Gilson Antunes destaca que “Valença aparece escrita sob diversos epítetos: aguerrida, trabalhadora, turística, valente, heroica, hospitaleira, querida, valência minha, cidade fantástica, não-lugar, memória, maricultura, a industrial, terra do camarão, terra do Amparo, moça bonita, mãe querida, capital do Baixo-Sul, minha terrinha, etc. Para além de toda interpretação, portanto, ganha destaque nessas representações um gesto de amor, de cuidado e de respeito pela cidade, mesmo quando a ironia e a crítica atravessam o texto. Apontam ainda para a necessidade de se lançar um olhar mais cuidadoso para o presente, a fim de preservar o que resta de uma cidade que tanto orgulha este povo. Se é verdade o que canta Macária Andrade em seu hino (“Valença nunca vencida”), apontemos também num horizonte cujo progresso caminhe aliado à tradição e à memória”.

Em agradecimento, os organizadores do livro citam o Jornal Valença Agora e outros apoiadores pela divulgação do projeto e pela generosidade com que acolheram a proposta.

_MG_2583

Sinopse: Às margens férteis do Rio Una: antologia interartística é uma obra coletiva que gravita, sob a perspectiva temática, em redor da cidade de Valença, Bahia. Aqui estão reunidos em torno de 65 textos de autores que, de certa forma, mantêm alguma relação direta com a cidade. São fotografias, poemas e crônicas que fazem interpretações múltiplas sobre a cidade em suas diferentes perspectivas. Valença é captada em seus aspectos culturais, históricos, religiosos, naturais e econômicos por autores (em sua maioria) que, até então, não haviam participado de nenhuma antologia, muito menos publicado obra individualmente. Este livro resulta de um projeto de extensão (Chamada Interna de Extensão PROEX/IFBAIANO) de natureza interdisciplinar, interprofissional e interinstitucional desenvolvido durante os anos de 2016-7 nesta cidade. Portanto, trata-se de uma obra deita em Valença, cidade aqui homenageada em todas as suas páginas.

O livro não encontra-se à venda. Duzentos exemplares foram distribuídos entre autores, apoiadores, biblioteca e outros pontos estratégicos. No entanto, a obra está disponível para compra (e-book) site da Amazon, pelo valor de R$2,00.

Confira reportagem deste evento, na íntegra, na edição impressa nº 644 do Jornal Valença Agora. Faça sua assinatura e receba em casa: (75) 3641-4739

Veja fotos do evento:

Se gostou, compartilhe...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.