A associação de surf de Valença vem realizando diversos tipos de ações ambientais ao longo da sua fundação, com o objetivo de proporcionar o conhecimento e sensibilização acerca dos temas: meio ambiente e cidadania. A partir destes temas, vem fomentando a mudança de hábitos, trazendo para o dia-a-dia a prática de atitudes cidadãs, por meio  de ações de limpeza, reciclagem, descarte correto do lixo, recuperação e preservação das praias e manguezais.

image3

Stund Up serviu de suporte aos atletas na vistoria. Foro ASV.

Na praia de Guaibim já foram realizados dois mutirões de limpeza de praia, o primeiro no dia 07 de agosto de 2016, onde foram retirados quase 70 sacos de 100 litro de resíduos sólidos, entre garrafas pets, isopores, tampas de garrafas, sacos e copos plásticos, garrafas de vidros, restos de móveis e muito mais. No dia 25 de setembro, em comemoração ao dia mundial de limpeza das praias, a ASV mais uma vez fez sua parte e implementou nova limpeza onde recolheu mais 40 sacos de resíduos. No dia 08 de outubro foi realizada uma grande Expedição de 20 km de remada de Valença ao Morro de São Paulo, com caiaques, Stand Up e canoas, onde a equipe recebeu todo o suporte necessário, por meio de um barco de apoio, onde foi possível manter a todos sempre hidratados e alimentados. Foi oferecido água, sucos, frutas, sanduíches, açaí, dentre outros alimentos protéicos. Essa ação contou com a colaboração das empresas: PRODUTOS RICO, MG NAUTICA, BEIJA FLOR E TEXX. Por meio dessa Expedição foi feito o mapeamento das áreas de manguezais, onde pode-se notar a escassez de espécies animais e um grau considerável de poluição por resíduos sólidos.

Na saída do Rio una foi observado um grande índice de sujeira nos manguezais e rio. A equipe da ASV fez a retirada de parte dos resíduos ao longo do percurso, com a primeira parada na capela do Galeão, lugar de beleza ímpar, certamente um valoroso ponto turístico, formada por uma pequena ilha onde ocorre o encontro do mar com o rio, mas que também sofre com as correntes que depositam grande quantidade de lixo na sua praia. A poluição dos afluentes por esgotos, resíduos sólidos e o extrativismo predatório são os principais responsáveis pelos problemas de diminuição da qualidade e quantidade das espécies, sobretudo animais. Um grande problema tem sido os resíduos sólidos, pois os animais marinhos por vezes os confundem com o seu alimento, acabam ingerindo-os o que por vezes causam a sua morte.

image2

Tartaruga é encontrada morta. Foto:ASV

Um episódio que chamou a atenção da expedição, durante o percurso traçado a partir da entrada do Rio Saruê, foi a descoberta de uma tartaruga morta às margens do rio, numa área de manguezal, possivelmente vítima da ingestão de algum resíduo tóxico. A Associação de Surf de Valença continuará seguindo com ações que visem diminuir esse impacto negativo nos ecossistemas e sensibilização da população e atletas, garantindo e contribuindo para o desenvolvimento socioambiental da região, mostrando que atleta também é aquele que cuida e preserva o meio ambiente com atitudes cidadãs, sendo defensor da natureza.

Fotos: ASV

assine-o-jornal

Se gostou, compartilhe...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.