carlos-magno

Elegante leitora, cavalheiro leitor, bem sabem vocês das armadilhas da escrita. No início, pensamos no assunto. Pois bem, inútil. No fim, ele teima e se desvirtuar por um caminho que ele quer tomar. É como um corcel que necessite de rédeas curtas. Rédeas curtas, o segredo para a boa escrita. Rédeas sob controle. Passos não muito picados e nem muito longos. Em caso de bilhetes, frases curtas . Incisivas. Nas cartas, que hoje estão em desuso, as frases podem ser mais soltas. Artigos, bem objetivos. Nunca se esquecerem do quem, do quando e também do  onde? Perguntas que o leitor fará. O artigo deverá mostrar claramente.

Para a redação do vestibular, lembrem-se, quanto mais vocês escreverem, mais chances terão de errar. Vão ao ponto. Economizem, sem perderem o sentido, claro. Saibam bem sobre o assunto. Quem domina o assunto, escreve bem. É uma regra que tem exceções, como tudo na vida. Quanto à Gramática, só há um jeito: estudo. Estudo. Bons autores. Bons livros ajudam, porém, há de se estudar. Sim, atenção ao escreverem. Revisar o texto. Se bem que quando se comete erro na escrita, ele vem da medula e o cérebro, depois, o aceita. O escritor passa mil vezes sobre o erro e não o percebe. Só quando vai ler o texto publicado. Aí, Inês é morta. O leite é derramado. Só resta o suicídio.

A escrita ganha autonomia. Rédeas curtas. Um bom ajudante do escritor é o “delete”. A borracha, antigamente. Apagar. Apagar. Cortar, cortar. Cortar.  Se a escrita for na internet, o texto deverá ser bem curto. Ningém lê mais do que 10 linhas na internet. Cortar até o osso. Cortar é excelente. Rédeas curtas.

Segredo: se quiser escrever, leitora e achar que não pode , afirmo: pode. Tanto você, quanto o leitor.  Dou a receita. Lápis e papel à mão? OK. Para escrever, o segredo é escrever a primeira palavra. A primeira palavra é essencial. Depois, escrevam a segunda. Depois, a terceira e assim sucessivamente, até chegar ao ponto final. Simples.

Pegue um livro e vá curtir a praia de Guaibim.

Em tempo: espero que nenhum erro tenha passado ao longo da revisão.

Se gostou, compartilhe...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.