Um dos braços fortes da cultura afrobrasileira foi saudado intensamente, entre os dias 18 e 24 deste mês de setembro, com a edição do I Festival de Capoeira Axé Bahia da Ilha de Boipeba. O grande evento, que teve como palco principal as instalações do Centro Cultural Jataipeba, foi produzido pela Associação de Capoeira Axé Bahia, com apoio efetivo da Prefeitura de Cairu, através da secretaria da Cultura.
A capoeira – misto de luta/jogo/música/dança – foi enriquecida com uma programação à altura dos mestres Pastinha e Bimba. Além da abertura oficial, no dia 18, o festival apresentou filmes (19), roda de capoeira infanto-juvenil (20), oficinas de “confecções de berimbau e caxixis” e “toques de berimbau, atabaques e pandeiros” (21), roda de conversa, com o antropólogo Olympio Serra ,IPAC, Secult -Bahia,Ides e Ascob (22), curso de primeiros socorros, ministrado pelo professor de capoeira e sargento do Corpo de Bombeiros Julival Batista (23).
Ainda na noite do dia 23, o festival foi abrilhantado pelas apresentações de grupos de dança, maculelê, puxada de rede e roda de graduação, na área externa do shopping Vila da Barra. No domingo (24), o evento teceu uma bela manhã com a Caminhada Cultural percorrendo as principais de ruas de Boipeba e a formação de uma grande roda de confraternização, que encheu de brincadeira, habilidade física e beleza a praça Santo Antônio de Boipeba.
De acordo com a secretária municipal da Cultura, Graça Peteiro,o festival passará a integrar o calendário de eventos culturais de Cairu a partir de 2018. O prefeito Fernando Brito participou do festival e deixou registrado a importância do evento. ” Fortalecer e incentivar os mais jovens a manterem viva nossa cultura ancestral é fundamental para a perpetuação das nossas raízes. Muito bom ver o envolvimento dos adolescentes e principalmente das crianças no festival”,ressaltou Brito.
Ascom/Cairu
Se gostou, compartilhe...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.