São João passou, mas em cada esquina da cidade ainda se pode degustar um milho grelhado, amendoins cozidos, nos mercados e restaurante ainda nos oferecem licores, época dos sabores juninos!

Bandeirinhas coloridas, fogueira, muita cor na decoração e diversas delícias à mesa. Entre esses quitutes doces e salgados feitos a partir do milho, da mandioca, amendoim e abóbora.

Impossível pensar na festa junina hoje sem pamonha, curau, milho cozido, canjica, cuscuz, pipoca, bolo de milho. Além das receitas, também fazem parte do cardápio desta época arroz doce, bolo de amendoim, bolo de pinhão, bom-bocado, broa de fubá, cocada, pé de moleque, quentão, vinho quente, batata doce e muito mais!

Por coincidir com a temporada da safra desses produtos, que eram cultivados pela população indígena, a festa junina brasileira é saboreada a partir desses ingredientes.

O Jornal Valença Agora andou nas ruas de Valença procurando os produtos juninos!

A Colorida praça da república esteve preparada para receber a comunidade e as bandas para o São João de Valença (confira nossa cobertura nos dias 23/06, 24/06 e 25/06).

20160622_131142

Meu nome é Laio, sou agricultor e minha roça está em Trancando Neves. Esse milho vem de lá, fui eu que plantei ele.  Para ter milho você planta em uma boa terra três caroços de milho juntos, irriga eles com água, com adubo de preferência orgânico, o milho vai crescendo e três meses mais tarde ele já estará colhido. Pronto para ser assado.

Vendo muito milho nessa época, vendo 3000 milhos por semana!

20160622_131435

Juliana o movimento do comércio aumentou muito nesses dias de São João! Vendo na rua e durante a noite vendi na festa da Praça da República! Essa festa aumentou muito minhas vendas!

Comprei os amendoins na feira livre!

20160622_132916

Antônio e Renilsson

Esse milho vem de nossa roça em Jereba. O milho demora entre 3 e 4 meses para crescer. Na época de São João vendemos muito milho, mais de 1000 por dia. Essa semana é importante para nós agricultores!

Os amendoins crescem no chão. Os licores vem de Jereba, a cachaça destilada e as frutas da roça, sabores locais: limão, maracujá e amendoin.

20160622_131119

20160622_131723

20160622_133637

Se gostou, compartilhe...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.