dacio-monteiro

Nós brasileiros, aborígenes, componentes de uma sociedade altamente consumista, alguns mais moderados e a maioria agoniada para comprar, o que de certa forma, estimula os índices socioeconômicos da nação, com graus de riscos para os mais afoitos, a considerar os estímulos compulsivos ativados sempre para a sedução inquieta dos prepostos fregueses, elementos ativosentre a relação oferta/demanda.

Este primórdio natural e corriqueiro da humanidade, revelam faces íntimas das pessoas, produto de variações nos comportamentos individuais toleráveis, simplesimpulsos momentâneos da atração, que assumem proporções agudas entre apressados, perceptíveis com relevância, naqueles com poder aquisitivo mais forte e fôfo.

Por este ângulo de racionalidades discretas, cabem avaliações mais abrangentes, quando tratamos de regras de mercado, onde envolvem desejos ardentes de posse e metas para compor índices de desempenhos em análises de faturamentos, viáveis para volatilidades nos índicespotencializados aos objetivos, passivos de ajustes a cada mês.

As armadilhas, que os mecanismos da economia demonstram no trato diário com as alterações ou oscilações no sistema, elegem recomendar cautela e moderação, nos momentos de ansiedades, para conclusão de qualquer operação financeira, destacadamente nos instantes de crises.

Recentemente em processo desta natureza, bem sucedido, gastamos alguns dias avaliando e debatendo detalhes operacionais, incluindo permuta e compra, com singelos requintes de sucessos entre ambos empresa/consumidor, concluindo nossos propósitos, fortalecidos pela satisfação dos dois lados.

assinaturaO nível de atendimento e tratamento, foi da melhor qualidade possível desenvolvido pela empresa Guebor Comercial Distribuidora Ltda, sem nenhuma restrição ao trabalho de todo pessoal envolvido, demonstrando que o modelo de gestão aplicado e executado pelos funcionários, está compatível com a excelência das tradições comerciais de companhia, detentora de alto padrão em negócios.

Méritos para área de vendas, na pessoas da Sra. Rosana Araujo, portadora de qualidades para exercer a função, até porque há exigências de preparo e habilidades para conviver no expediente com variadas espécies psicológicas, o que impõe equilíbrios no desenrolar dos fatos, patente durante nossos entendimentos.

Instalada na Av. Otávio Mangabeira, bairro da Pituba, localização privilegiada, onde o cliente é bem conduzido e orientado, em função do aparato seletivo super treinado, para desenvolver individualmente suas potencialidades em diversos segmentos do conjunto.

Peculiarmente,todos temos virtudes e defeitos, com viabilidades para reparos em nossas ações; na Guebor não pode e não deve ser diferente. Supomos.

Este inconfundível modelo de eficiência revelou surpresas. Imputou 02 (Dois) pagamentos de despesas, nominados vistoria e primeira revisão do equipamento, nos cobrando mais R$ 370.00 (Trezentos e setenta reais), sobre serviços realizados no bem já pertencente a ela (Guebor), com a operação toda concluída e consolidada em caixa interno.

Mesmo questionada, manteve a decisão da cobrança, com redução dos valores referentes à mão de obra, ou seja R$ 120.00 (Cento e vinte reais). Esta sintomatologia por lucros expressivos, podem prejudicar a expressão comercial da Companhia, uma vez que, não há razões para tamanhos desejos, se mensurados pelo ambiente de extrema fartura.

Portanto, sugere-se para exames da direção, rever tais procedimentos visto que, ferem diploma legal e pelo que conhecemos desta organização, tais práticas não combinam com o brilho deste perfil, nesta oportunidade colidindo também com o Poder Imbatível da Sensibilidade consumista, além da lesão provocada na economia popular.

 

Dácio Monteiro

daciomonteiro@yahoo.com.br

Bacharel Pós Graduado Ciências Contábeis

Taperoá-Ba, 1° Março 2016.

Se gostou, compartilhe...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.