Os crimes teriam acontecido no Alto do Amparo, durante passeio de grupo. Hoje o adro da Igreja do Amparo amanheceu com portões trancados.

 

Nesta sexta-feira (2), a Guarnição de serviço ordinário do PETO ALFA da 33ª CIPM, ao efetuar rondas no centro da cidade, tomou conhecimento, através de populares, que minutos antes, dois indivíduos portando armas de fogo, estavam fazendo um roubo a um grupo de pessoas que estavam passeando no Alto do Amparo, sendo que na prática criminosa, ainda realizaram um disparo de arma de fogo. A polícia afirma que de imediato a Guarnição deslocou-se até o local, onde os indivíduos já haviam concretizado o roubo, e não mais se encontravam.

 

Ainda segundo as autoridades policiais, foram realizadas incursões às margens do Rio Pitanguinha onde os indivíduos, ao visualizar a presença policial, efetuaram disparos em direção dos oficiais, sendo realizado o revide, porém os mesmos conseguiram evadir em direção ao matagal e posteriormente ao Rio, não sendo mais localizados. “Durante a fuga, tais indivíduos deixaram para trás dois celulares, duas armas de fabricação caseira e uma touca tipo “burucutu”, relata a polícia.

 

O Boletim de Ocorrência foi registrado sob o número BO-18-00486, na Delegacia de Polícia Territorial de Valença.

 

Fonte: ASCOM/ 33ª CIPM Valença

Se gostou, compartilhe...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.