O presidente do Tribunal Superior Eleitoral, Gilmar Mendes, decidiu autorizar na noite de quarta-feira (10) o andamento das investigações contra o PMDB e o PP, atendendo pedido feito pela corregedora-geral da Justiça Eleitoral, a Ministra Maria Thereza de Assis Moura.

A corregedora havia pedido, na última terça, que fossem abertas as investigações contra o PMDB e o PP baseada nas apurações em andamento no âmbito da Lava Jato.

“Constato, nesta análise preliminar da documentação, indícios de práticas ilegais tanto por parte do PT, quanto pelo PP e pelo PMDB”, alegou a corregedora, que cita depoimentos do ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa e do doleiro Alberto Youssef, personagens centrais da Operação Lava Jato.

 

Fonte: UOL Notícias

Se gostou, compartilhe...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.