Na noite desta segunda-feira (16), um incêndio de grandes proporções às margens da BA887 – Valença x Guaibim – assustou a população. A forte fumaça fez com que a via fosse interditada até que as chamas fossem apagadas.

Acionada pela Prefeitura de Valença, a equipe do Corpo de Bombeiros de Santo Antônio de Jesus, cidade que fica a 76 km de Valença, conseguiu controlar as chamas do incêndio na APA do Guaibim, nas proximidades entre o aeroporto e a Maricultura.

O trabalho dos bombeiros foi acompanhado pela equipe da secretaria do Meio Ambiente de Valença e pelo vice-prefeito Humberto Malheiros. Por volta das 23 horas, o fogo foi cessado. Apesar de um carro ter disso tomado pelo fogo, o incêndio não deixou (humanos) feridos.

As causas que levaram a este incêndio ainda não foram esclarecidas, entretanto, o tempo seco na localidade influenciou de forma determinante para que as chamas se alastrassem com rapidez. O fogo na APA não é um caso isolado, todos os anos são noticiados focos de incêndio que, na maioria das vezes, são causados pela falta de consciência de moradores locais.

As causas mais comuns desses tipos de incêndio são a utilização de fogo para limpar terrenos, queima de lixo, fogueiras, queimadas para fins agrícolas não autorizadas, descarte de bitucas de cigarro e balões.

INCENDIO GUAIBIM 02

Telefones úteis

193 (Corpo de Bombeiros) – para relatar ocorrência de focos de incêndio
190 (Polícia Militar) – para denunciar queimadas ilegais ou balões

 

Dicas de segurança aos motoristas
Nas rodovias em caso de fumaça na pista, o motorista deve seguir as seguintes instruções:
– Redobre a atenção e reduza a velocidade;
– Acenda o farol baixo (nunca utilize o farol alto);
– Feche os vidros do veículo;
– Mantenha distância segura do veículo à frente;
– Nunca acione o pisca-alerta com o veículo em movimento. Os motoristas que vêm atrás podem pensar que você parou na pista.
– Nunca pare na pista. Evite parar no acostamento. Se precisar estacionar, pare fora da rodovia.

 

Além do perigo aos motoristas, os incêndios em áreas como a APA do Guaibim, trazem malefícios enormes à fauna e a flora. É imprescindível um olhar mais atento e uma ação efetiva dos órgãos responsáveis pelo ‘Meio Ambiente’, a fim de evitar que as riquezas naturais sejam prejudicadas. Fiscalização e educação preventiva são alguns dos caminhos!
Telefones úteis
193 (Corpo de Bombeiros) – para relatar ocorrência de focos de incêndio
190 (Polícia Militar) – para denunciar queimadas ilegais ou balões

Fotos: Reprodução do Facebook

Se gostou, compartilhe...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.