Uma das principais atrações da 39ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo (22/10 a 04/11) marca o encontro entre dois cineastas geniais: em “Eisenstein em Guanajuato”, o britânico Peter Greenaway narra a viagem ao México, em 1931, de Sergei Eisenstein, o diretor do clássico “O Encouraçado Potemkin”. O filme foi exibido no último Festival de Berlim e vem provocando polêmica por onde passa, por tratar com bastante liberdade e irreverência da suposta homossexualidade de Eisenstein. Mas rumores de que o filme seria proibido na Rússia, onde houve reações indignadas, já foram desmentidos.

 

Se gostou, compartilhe...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.