Kilombo Tenondé situado no Bonfim a 20 min de Valença

materia01O centro educacional Kilombo Tenondé é um centro de atividades “agropercológicas” (agricultura, pecuária, ecologia e capoeira angola) que busca resgatar a filosofia e a importância histórica dos quilombos brasileiros. Seu objetivo maior é estimular a criatividade, o pensamento construtivo e os valores de convivência humana e harmonia com a natureza que, cada vez mais vêm sendo esquecidos pela sociedade.

Os trabalhos acontecem organicamente, de acordo com as demandas e possibilidades do espaço e o interesse dos participantes, com base nos princípios da sustentabilidade, agricultura orgânica e construção natural.

A prática e a experiência com a natureza nutrem e dão força à nossa linha de trabalho e espírito.

materia02Eventos, oficinas e atividades frequentes são realizadas com foco na criação de infraestrutura e modelos de tecnologias alternativas de construção e uso dos recursos de forma sustentável. Com a continuidade dessa infraestrutura no futuro, o objetivo é dar suporte a projetos educativos, artísticos e ambientais, desenvolvidos por integrantes do Kilombo Tenondé ao longo do tempo.

Nossos Princípios:

  • Encontro entre Cultura e Natureza;
  • Ancestralidade, que nas culturas de matriz africana e indígena está relacionada ao encontro com a Natureza, como lugar sagrado;
  • Relações coletivas marcadas pela solidariedade, pluralidade e integração;
  • Valorização do corpo, como lugar sagrado e cultural;
  • Noção holística de desenvolvimento humano, onde corpo, mente, espírito e meio natural estão integrados.

Hoje oficinas de produção de Dendê com Bira e Núbia

A palma ou dendê é o fruto dado pelo dendezeiro, uma palmeira originária da África que foi trazida ao Brasil no século XVII e se adaptou no litoral baiano devido ao clima tropical.

Do fruto do dendezeiro podemos obter dois tipos de óleo: azeite de dendê (óleo de palma), que é extraído da parte externa do fruto, chamada de polpa (mesocarpo); e óleo de palmiste, que é extraído da amêndoa. O azeite de dendê é usado na fabricação de remédios, sabões, sabonetes e cosméticos. Mas seu uso principal é na alimentação humana. Quase todo o azeite de dendê produzido no mundo é usado para fazer margarinas, óleo de cozinha, maionese, pão e chocolate.

Etapa 1 – Tirar o dendê

O dendezeiro chega até 15 metros de altura, e seus frutos são de cor alaranjada. Essa palmeira é uma planta que vive por mais de 25 anos. O dendê, fruto do dendezeiro, nasce em cachos depois de 3 anos que plantamos a árvore. A planta produz mais frutos quando ela tem de 7 a 15 anos, principalmente na época de calor, de dezembro a março.

Etapa 2 – Separar o fruto dendê das ‘buchas” ou cascas

Dendê e as buchas (cascas)

Dendê e as buchas (cascas)

Separando o dendê das buchas

Separando o dendê das buchas

Etapa 3 : extração com vapor – aquece os frutos para facilitar a retirada do óleo

materia05

Extração no vapor

Etapa 4 . separação no pilão, pilar bem para separar caroços e fibras

materia06

Etapa 5 – volta ao fogo para separar o óleo da água e depois a decantação – o vapor e azeite descansam em tanques para o azeite ficar sobre a água e poder ser coletado

Aqui está o dendê:

materia07

dendé 5

Receita o que fazer com azeite de dendê ?

O dendê conquistou a preferência das pessoas de várias maneiras, como tempero e como alimento, em comidas de origem africana muito preparadas na Bahia. Podemos utilizá-lo em saladas, moquecas de peixes e frutos do mar, farofas, caruru, xinxim de galinha, bobó de camarão, vatapá, além do famoso acarajé.

Também já foi comprovado que o dendê é rico em vitaminas que agem na prevenção de várias doenças, fazem bem à pele, combatem infecções, contribuem para o desenvolvimento normal dos dentes e são muito boas para os cabelos.

Pode ser usado como matéria-prima para fazer sabões e detergentes especiais (que ajudam na reconstrução da pele), protege e repara danos causados pelo sol. Devido à presença de vitamina E, que é um antioxidante, impede a destruição e oxidação das células da pele, ajudando a mantê-la com aparência jovem e saudável. Protege do envelhecimento precoce e atua no combate às rugas e linhas de expressão, trazendo muitos benefícios à pele. Também apresenta propriedade bactericida, ajudando a regenerar tecidos com cortes ou ferimentos.

O óleo serve como um ótimo aditivo para cabelos ressecados e com frizz, podendo ser misturado com cremes de hidratação, potencializando seus efeitos, ou usado na forma pura. Em cabelos cacheados, ele ajuda na definição dos cachos, deixando-os brilhosos e macios.No entanto, esse tipo de óleo é mais indicado para cabelos ruivos, afros ou escuros, pois pode amarelar cabelos claros devido sua forte coloração. Loiras devem fazer teste em uma pequena mecha antes de usá-lo.

Receita de Moqueca de peixe !

Fotografia: Davide Baroni

Se gostou, compartilhe...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.