anuncieNesta quinta-feira, a Corte Arbitral do Esporte anunciou ter negado a apelação do Comitê Olímpico Russo e de 68 integrantes do atletismo do país que pediam para participar dos Jogos Olímpicos de 2016 no Rio de Janeiro. A suspensão havia sido imposta pela Federação Internacional devido um escândalo de doping, sendo a suspensão mantida pela CAS, mantendo a Rússia fora do atletismo olímpico.

“O júri do CAS confirma a validade da decisão da IAAF segundo a qual os atletas e a federação nacional (russa) ficam suspensos e não podem ser selecionados para as competições sob a organização da IAAF”, declarou o CAS.

A reação da Rússia foi rápida. O porta-voz do governo, Dmitry Peskov, foi duro na reposta. “Eu certamente lamento essa decisão do CAS, no que se refere a absolutamente todos os nossos atletas (que entraram com as reivindicações). O princípio da responsabilidade coletiva é difícil de aceitar”.
Já o ministro dos Esportes da Rússia, Vitaly Mutko acrescentou: “Lamento esta decisão. Infelizmente, um certo precedente foi estabelecido para a responsabilidade coletiva “, disse.
Se gostou, compartilhe...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.