Emiliano passou pela Assembleia Legislativa na década de 80, e entre 2003 e 2007

O ex-deputado federal Emiliano José (PT) foi nomeado pelo governador Rui Costa para a Superintendência de Apoio e Defesa aos Direitos Humanos, da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social. A nomeação foi publicada ontem no Diário Oficial do Estado da Bahia, e o petista assumirá hoje o cargo. Emiliano disputou uma vaga na Câmara Federal em 2014, mas não obteve êxito nas urnas. Seu último cargo público foi na Secretaria de Comunicação Eletrônica do Ministério das Comunicações, exercido de março de 2015 até novembro do mesmo ano.

“Eu estou chegando. É um momento de chegada, e é prematuro dizer muita coisa. Amanhã [hoje] sento na minha função. Estou assumindo isso disposto a apoiar e defender os direitos humanos na Bahia. Certamente, ao me chamarem, chamaram um velho combatente dos direitos humanos, não só no período da ditadura, e depois na luta pela anistia, mas em toda a minha vida política, defesa dos direitos das pessoas, da população”, declarou o petista em conversa com a Tribuna. “O que podemos fazer alí é defender os direitos humanos pensados amplamente. Isso é parte de um governo democrático, como o nosso”, completou.

Na avaliação do superintendente, há um posicionamento conservador assumindo contornos cada vez mais definidos no Brasil e em outros países, contra o qual é preciso resistência. “É como se os direitos humanos não tivessem importância. Como se o importante fosse a repressão, como se as pessoas não tivessem o direito a sua sexualidade, as mulheres, crianças e adolescentes não fossem respeitados. Tudo isso me preocupou sempre. Acabei de escrever um texto sobre esse morticínio nas cadeias, de políticas gerais equivocadas. É uma tarefa desafiadora, mas simples porque estarei seguindo a minha trajetória”, pontuou.

Ainda de acordo com ele, o convite para a superintendência partiu do secretário de Justiça e Direitos Humanos, Carlos Martins. “Claro que deve passar pelo governador Rui Costa, mas não questionei, até porque não havia motivo”, disse.

Emiliano passou pela Assembleia Legislativa na década de 80, e entre 2003 e 2007, como deputado pelo PT. Foi também suplente de deputado federal pela sigla, tendo assumido o mandato em 2009. Jornalista, iniciou a carreira na Tribuna da Bahia, nos anos 70, e é professor aposentado da Faculdade de Comunicação da Universidade Federal da Bahia, onde lecionou por mais de 25 anos.

 

Fonte: Tribuna da Bahia

Se gostou, compartilhe...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.